Bogotá – Colômbia

Posted by on mar 25, 2014 in América Latina, Colômbia, Restaurantes | 0 comments

Pontos Históricos

A Colômbia não é mais um país que sofre com a imagem negativa das guerrilhas e do narcotráfico. Ao contrário, merece ser considerada como um dos lugares mais incríveis e poéticos da América do Sul.

Sua capital, Bogotá, é um destino rico em história, cultura e beleza.

A cidade está aos pés das montanhas Andinas e é cercada por um verde intenso além de sempre florida. Hoje Bogotá é considerada uma das metrópoles latino-americanas mais seguras, apesar da ainda presente e visível disparidade social.

Declarada pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade, Bogotá é uma cidade vibrante e com um povo alegre e hospitaleiro. Com quase oito milhões de habitantes e em franco desenvolvimento, a cidade oferece inúmeros motivos para ser seu próximo destino de viagem.
Localizada a a 2640 metros de altitude, nos primeiros dias é comum sentir um desconforto por conta da altura acima do nível do mar.

Recém saída de muitas obras de melhorias, Bogotá conta com inúmeros parques e vias para circulação de pedestres, e ainda uma enorme malha viária para ciclistas (ciclorrutas). É bom ressaltar que os serviços de taxi são eficientes e com preços super acessíveis, vale a pena abusar desse serviço.

Com uma população solícita e gentil com o visitante, Bogotá é uma metrópole que combina passado e presente. Como resultado, na cidade se encontra, além de um presente cheio de vida, um passado muito representativo em sua arquitetura, obras e nos elementos históricos abrigados em seus museus.

A cidade tem ao mesmo tempo: shoppings, mercados ao ar livre, edifícios suntuosos e modernos, casarões coloniais e catedrais do século XVI.

Com múltiplas opções de hospedagens, elas vão desde hotéis para mochileiros até estabelecimentos de luxo com todas as comodidades e facilidades. Os hotéis mais novos, as lojas de grifes e os jovens artistas e boêmios se concentram na Zona Rosa.

Porém, é no centro histórico, mais conhecido como La Candelaria, onde a cidade se revela ainda mais surpreendente. Esse é um bairro tranquilo e seguro que reúne suas maiores atrações em torno da Plaza Bolívar.

La CandelariaLa Candelaria

Bogotá abriga alguns dos mais impactantes museus de toda a América do Sul. É uma cidade que respira cultura e não podia ser diferente pois possui cerca de sessenta museus e também não faltam cinemas e teatros.

As cafeterias são um capítulo á parte, maior produtor mundial de café, Bogotá tem uma quantidade enorme de lojas que servem um bom expresso. Não deixe de provar o café Juan Valdez.

Talvez um dos programas mais obrigatórios, entre tantos, seja subir de bondinho ou teleférico ao Cerro Monserrate. O topo está a 3160 metros de altitude e proporciona uma vista espetacular de onde é inevitável não impressionar-se com o tamanho e a beleza de Bogotá.

MonserrateMonserrate

Vale lembrar que Bogotá possui um clima de montanha devido a sua altitude (afetado principalmente pela nebulosidade), e a temperatura oscila entre os 7 °C e os 19 °C, com uma média em torno de 14 °C. Por lá é comum presenciar uma garoa que cai no fim da tarde que abaixa rapidamente a temperatura. Por isso, agasalho e guarda-chuva são dois itens imprescindíveis para  as caminhadas que o permitirão conhecer a cidade.

PROGRAMAS CULTURAIS & COMPRAS:

Parque Metropolitano Simón Bolívar - O mais importante da cidade, com uma extensão de 400 hectares, constitui-se o pulmão de Bogotá. Cercado pelas Avenidas  Carrera 60, Carrera 68 é bastante popular entre os bogotanos que o visitam diariamente.

Catedral de Sal - Um santuário construído no interior de uma mina de sal, fica localizado na cidade de Zipaquirá a 48 km de distância de Bogotá. É um dos destinos religiosos mais famosos e visitados na Colômbia. É possível chegar até a Catedral no ônibus que sai do Portal del Norte, no entanto, a viagem é mais bacana se feita no Tren de La Sabana que sai da Estação Usaquén.

Catedral de SalCatedral de Sal

Centro Cultural Gabriel Garcia Marquez – Um espaço dedicado a um dos nomes mais importantes da literatura internacional, possui ainda uma excelente  livraria e um café.

Museo de Arte Colonial - Possui a mais importante coleção de arte colonial da Colômbia e a Fundação Gilberto Alzate Avendaño.

La Candelaria – Região histórica da cidade, toda construída ao estilo colonial e barroco espanhol. É lá que estão os principais cartões postais da cidade: a praça Simón Bolívar, a estátua do próprio Bolívar e importantes prédios históricos como a Catedral Primada e a Capela do Santíssimo Sacramento.

Plaza Cultural La Santamaría - Anteriormente conhecida como Plaza de Toros La Santamaría de Bogotá, fica localizada no Setor San Diego bem ao lado do Parque de La Independencia e do Planetário Distrital. A Plaza foi construída em 1931 e tem capacidade para 14.500 espectadores sentados. Sua fachada foi assinada pelo arquiteto espanhol Santiago de la Mora. E em 22 de Junho de 2012, o governo distrital (prefeito) de Bogotá decretou a proibição das touradas na Plaza SantaMaría, transformando o local em um espaço cultural. Hoje a arena é tombada pelo estado e representa um dos Monumentos Nacionais da Colômbia.

Plaza del TorosAntiga Plaza del Toros

Casa de Nariño – Também chamado Palácio de Nariño é a sede do governo da República da Colômbia. Abriga a Presidência da República e igualmente a residência do Presidente da Colômbia.

Museo Nacional - Com entrada gratuita é considerado o mais antigo do país e é um dos mais antigos da América. Foi fundado em 1823 e suas instalações atuais são da antiga Penitenciária de paredes amuralhadas. Em 1975 foi declarado Monumento Nacional e em 2009 celebrou 185 anos de existência, dedicados a conservar e divulgar os valores culturais da Colômbia.

Museo NacionalMuseo Nacional

Museo Botero - Abriga 123 obras do emblemático artista colombiano, Fernando Botero. E mais mais 87 obras de artistas consagrados como Salvador Dalí, Monet, Chagall e Miró.

Museo BoteroMuseo Botero

Museo del Oro –  O maior do gênero no mundo, possui um acervo de quatro mil peças encontradas em áreas arqueológicas. E abriga diversos tesouros das civilizações pré-hispânicas e importantes coleções da metalurgia pré-colombiana.  Sem dúvida um passeio enriquecedor.

Museo del OroMuseo del Oro

Cerro de Monserrate -  Um dos pontos mais altos de Bogotá, merece a visita pelo excelente mirante e opções de restaurantes para almoço ou jantar. No local há o Santuario del Señor Caído de Monserrate e é um ponto de peregrinação. O acesso até o Monserrate é feito por teleférico ou funicular.

Teatro Cristobal Colón -  o mais antigo do País, foi inaugurado em 1892. Abriga a Orquestra Sinfônica Nacional da Colômbia.

Exposição Museo del OroPeças em exposição no Museo del Oro

Biblioteca Nacional da Colômbia -  Com 45 mil metros quadrados e 10 mil visitantes por dia, é um dos mais dinâmicos centros culturais do continente.

Mina de Sal de Nemocón – Localizada a 65 Km de Bogotá vale a visita para conhecer a história desta mina de onde foi retirado cerca de 9 milhões de toneladas de sal, que serviram para a cozinha e para a elaboração de produtos como sabões, têxteis, medicamentos e vidro. Sua visitação tem um percurso de 2.500 metros e leva aproximadamente uma hora. É um espetáculo subterrâneo a 60 metros da superfície de onde se vê belas formações de sal, espelhos de água, um poço dos desejos, a Capela da Virgem do Carmo e o coração de Nemocón (Nemocón significa “lamento guerreiro”).

Mina de Sal de NemocónMina de Sal de Nemocón

Praça de Bolívar – Localizada no bairro de La Candelaria foi declarada Monumento Nacional de Colômbia, e ela abriga os principais poderes da cidade, incluindo a máxima representação da religião Católica: a Catedral Primada de Bogotá.

Zona T & Zona Rosada – Na Zona Rosa, uma rua com o formato da letra “T”, não há trânsito de carros e é possível encontrar diversos bares e restaurantes com mesas nas calçadas, além de lojas descoladas. Uma ótima pedida é passear no Parque de La 93, um misto de parque, prédios modernos e cafés interessantes.

Centros Comerciales – No Brasil tradicionalmente conhecidos como Shoppings, os mais visitados são: La Gran Estacion, El Andino, Atlantis, Santafe, Unicentro e Titan (considerado o maior da America Latina).  E se você não resiste a boas compras, termine o dia no Shopping El Retiro, um dos mais novos e bonitos da cidade e que abriga marcas globais e locais.

Mercado de Pulgas de Bogotá – Acontece sempre aos domingos e fica na Região de Usaquén. Com muitas barracas, oferece artesanato local e comidas típicas.

Em Bogotá encontramos restaurantes típicos, internacionais e especializados em diferentes áreas da cidade. Os principais setores de restaurantes internacionais estão nas regiões de Usaquén, na Zona G, La Candelaria e no Centro histórico. Com tantas e deliciosas opções, sugiro algumas.

GASTRONOMIA

Leo Cocina Y Cava - É reconhecido por pratos da alta cozinha como o filé de peixe na folha de bananeira e raviólis recheados com milho verde e coalhada. A chef, a cartagenera Leonor Espinosa, é uma versão da apresentadora Ana Maria Braga, famosa por ensinar a fazer seus pratos favoritos na TV.

Casa San Isidro - No topo do Monserrate, é um dos restaurantes mais sofisticados de Bogotá. Apesar de ser frequentado por artistas, políticos e altos executivos, os preços não são tão impraticáveis para os reles mortais. Não deixe de provar a deliciosa lagosta.

Casa Vieja – Localizado no Centro Histórico servem a famosa sopa AJIACO, um prato ícone de Bogotá que consiste em três tipos de batata, banana, frango, alcaparras e creme de leite. As sobremesas são especialmente convidativas e acompanham uma generosa porção de arequipe (doce de leite).

Casa Vieja

La Puerta Falsa - Restaurante de enorme tradição que foi aberto em 1816. Comentam que seria onde a amante de Simón Bolívar, Manuelita Sáenz, tomava seu “las onces” (café da tarde). Os bancos de madeira e o mezanino improvisado compõem o ambiente simples do lugar. Servem o lanche característico das tardes bogotanas: chocolate quente com queijo (o ritual é cortá-lo em pequenos pedaços e jogá-los na bebida, para que se derretam), almojábana (pão de milho com queijo) e tamal (pamonha salgada servida com frango e peixe).

Crepes & Waffles - Com um cardápio extenso e ótimo atendimento, os crepes são deliciosos e muito melhores se comparados aos que encontramos no Brasil.  Suas lojas estão espalhadas por toda Bogotá, no entanto, dependendo do bairro onde o Crepes & Waffles se encontram a loja pode ser muito bem transada ou simples. É ideal para refeições rápidas.

Sandwich Gourmet - Casa de sanduíches recheados com os mais autênticos ingredientes ibéricos, como presunto serrano, queijo manchego ou chorizo. Os pães são untados com azeite de oliva espanhol e tomate à catalã.  Todos os pedidos vêm acompanhados de papas bravas (batata com molho picante de alho) e bebida (refrigerante ou cerveja).

Casa Santa Clara – Instalado em um belo casarão todo em madeira, foi construído em 1974 em Usáquen e transferido para o Monserrate em 1979.  A disposição das mesas foram cuidadosamente distribuídas sob as janelas para que o cliente aprecie a vista durante sua refeição. Para beber, a  melhor pedida é a deliciosa lulada - uma bebida não alcoólica colombiana que é feita do sumo e pedaços do fruto lulo.

Casa Santa Clara

Cafeteria Romano – Localizada no Centro histórico, e além de aconchegante e acolhedora, a cafeteria é um lugar tradicional que foi inaugurado em 1964 e desde então tornou-se um ponto de encontro para os colombianos desfrutarem da especialidade do lugar, sua deliciosa cozinha italiana.

Andrés D.C Localizado na Zona Rosa, dentro do Centro Comercial El Retiro, esse endereço de Bogotá foi inaugurado em 2009. Um lugar gigante, dividido em quatro andares que representam o inferno, a terra, o purgatório e o céu. Uma filial do original Andrés Carne de Rés, essa unidade respira arte e misticismo. Durante o dia você pode aproveitar seu extraordinário menu (oferecem comida típica na brasa, arepas com queijo, mas sem dúvida o mais recomendado são as carnes), e durante noite a casa recebe a balada mais disputada de Bogotá.

Andrés D.C

Andrés Carne de Rés - Inaugurado em 1982, tornou-se bastante conhecido por sua gama de carnes e frutos do mar. Localizado na cidade de Chia, a 35 Km de Bogotá, esse é o restaurante mais original da Colômbia. Reconhecido por sua peculiar decoração nas paredes e tetos com uma infinidade de objetos da vida cotidiana, é um lugar que se tornou obrigatório para quem visita Bogotá. Grande parte do encanto de Andrés Carne de Rés se deve a sua excentricidade e a decoração com: corações de todos os tamanhos, imagens religiosas, máscaras, flores e outros objetos um tanto estranhos mas que realmente enfeitam o lugar. Numa só noite por volta de duas mil pessoas visitam o Andrés Carne de Rés para bailar salsa, merengue e o vallenato, uma música típica de Bogotá.

Andrés Carne de Rés

Para muitos, provavelmente, o mais surpreendente ao visitar Bogotá seja descobrir que o destino deixou para trás sua fama de insegura e violenta, para se tornar um dos lugares mais agradáveis para se fazer turismo. No entanto, à capital colombiana vai além e encanta por oferecer bons museus, excelente gastronomia e uma animada cena urbana, sem esquecer da hospitalidade de seu povo chevere, uma gíria falada nas ruas que significa “bacana”.

Por isso extrapole essa fronteira e fique pelo menos cinco dias na cidade, assim você poderá conhecer o que de melhor Bogotá tem a oferecer.

Pontos Históricos1

Fotos: Acervo Pessoal/Divulgação

Deixe seu comentário!