Cidade de Goiás – Goiás – Brasil

Posted by on mar 9, 2014 in Centro-Oeste, Centro-Oeste, Restaurantes, Viagens | 0 comments

foto

A 135 km da capital Goiânia, a charmosa Cidade de Goiás oferece trilhas pelo Parque da Serra Dourada, banhos de cachoeira, canoagem pelo Rio Vermelho, e comidinhas bem apetitosas.

Fundada em 1726 a cidade que anteriormente se chamou Vila Boa e já foi capital do estado, recebeu o título de Patrimônio Mundial da UNESCO, em Dezembro de 2001, pelo seu notável traçado urbano e por ser o maior centro histórico e bem preservado retrato do Brasil Colônia.

O centro histórico da Cidade de Goiás, com quase 500 casarios antigos, preserva a arquitetura colonial. E a mais antiga praça, do coreto, é o ponto de encontro na cidade.

Cora Coralina foi a moradora mais ilustre da Cidade de Goiás. Se estivesse viva, em Agosto completaria 125 anos. Além de poetisa, Cora foi também doceira e registrou em verso e prosa os relatos e passagens de sua terra. A antiga morada da famosa poetisa, às margens do rio Vermelho, abriga um museu com objetos pessoais e é programa obrigatório para quem visita a cidade.

Casa de Cora CoralinaCasa de Cora Coralina

Como em qualquer outro município brasileiro, o Mercado Municipal da Cidade de Goiás é um lugar essencial para entender a história da cidade e de seus moradores. Lá estão todos os personagens interessantes e pequenas barracas que vendem tudo, desde quitutes a antiguidades e panelas de barro.

Além dos seus tesouros arquitetônicos e urbanísticos a paisagem cênica é impressionante, sobretudo pelo fato da Cidade de Goiás estar cercada pela Serra Dourada. E não atoa a cidade foi escolhida como palco das gravações da atual novela das nove, Em família, da Rede Globo.

As boas lembranças do passado glorioso da Cidade de Goiás se concretizam por decreto, durante o mês de julho, quando o governador vem ao Palácio Conde dos Arcos despachar. E assim cidade volta a ser capital por alguns dias.

CoretoPraça do Coreto

Vale lembrar que antes de desbravar a cidade, o melhor é esquecer o carro e seguir a pé. E para as mulheres, nada de salto alto, o bom mesmo é um tênis bem confortável, mais adequado ao calçamento com pedras irregulares.

Embora seja uma cidade pequena, é interessante passar alguns dias na Cidade de Goiás, apenas absorvendo a atmosfera tranquila e fazendo passeios pela Serra Dourada.

Para hospedagem a cidade conta com algumas charmosas e pequenas pousadas.

Se você quer fazer uma viagem no tempo, em Cidade de Goiás cada detalhe tem histórias para contar. E histórias que valem ouro.  Abaixo, alguns dos programas que devem fazer parte do seu roteiro.

10

ATRAÇÕES CULTURAIS:
Museu das Bandeiras – Construída em 1761 é uma das construções mais bonitas e impressionantes da cidade. Tem um rico acervo, com materiais utilizados no garimpo, porcelanas portuguesas, entre outros objetos que remetem aos séculos 18, 19 e 20.

Museu Casa de Cora Coralina - Certamente o mais célebre cartão postal da cidade.  O museu fica aberto de terça a domingo e a entrada custa R$5.

Rio Vermelho - Rio que nasce no alto da Serra Dourada e foi a principal fonte de ouro no século XVIII. É chamado assim por, ao entardecer, suas águas ficarem com uma cor semelhante a de sangue.

Praça do Coreto – Com bastante área verde, era o lugar onde os governantes realizavam seus comícios. Desde 1952 abriga uma sorveteria, com sabores naturais, no pavimento inferior do Coreto.

Museu Arte Sacra da Boa Morte - Antiga Igreja da Boa Morte guarda esculturas valiosas de Veiga Valle, um artista barroco nascido em Goiás e descendente da família real portuguesa.

Palácio Conde dos Arcos - Antiga sede do governo na província, o Palácio Conde dos Arcos foi transformado em museu no ano de 1961 e tem exposição permanente sobre a história dos governadors de Goiás.

Igreja do Rosário - Em estilo neogótico, foi construída em 1934 por padres dominicanos.

Igreja Catedral de Santana – Catedral da Cidade, construída em 1734, atualmente o monumento se apresenta com várias intervenções que deixam a mostra os vestígios de diferentes épocas.

Chafariz de Cauda – Fonte de desenho barroco, antigamente fornecia água para uma grande parte da cidade.

Mercado Municipal – Local perfeito para um bom café da manhã por seus diversos quitutes. Destaque para suco de cajá, o enroladinho de queijo, o bolinho de arroz e o biscoito de queijo.

Igreja de Nossa Senhora Aparecida – Localizada no distrito de Areias, ao lado de Cidade de Goiás, é uma charmosa igrejinha.

Balneário Sucuri – Área particular com turismo ecológico, o balneário oferece espaço para camping, banho em quedas dágua e um bar e restaurante com comida caseira.

EmpadaComidas típicas: Empadão Goiano & Pastelinho de Goiás

GASTRONOMIA:
Restaurante Flor de Ipê – Além das maravilhas do fogão e numa área de muito verde, de onde se é possível ouvir o barulho das corredeiras do rio, o Flor de Ipê é chefiado pela risonha Marleninha (que também é Diretora da Casa de Cora Coralina), e une diversos pratos em que evidenciam a culinária goiana. No almoço o buffet é uma fartura das gostosuras de Goiás: empadão goiano, pequi, guariroba, arroz Maria-Izabel e torta de mandioca. A noite, o jantar é La Carte.

Cartorio’s Bar - O casal Lú & Dri apostam e acertam em tudo o que oferecem. Localizado em uma das ruas mais movimentadas da Cidade de Goiás, em frente a Praça do Coreto, o bar serve petiscos típicos da culinária goiana. A dupla ainda desenvolveu um delicioso prato que tranqüilamente pode ser chamado de chapa dos deuses.

Tapioca do Cerrado – Um prato típico do Norte e Nordeste do Brasil, mas que na Cidade de Goiás a simpática Luciana serve com grande maestria as combinações de tapioca com abacate, entre outros sabores.  O restaurante ainda oferece sucos naturais e o famoso brownie da Lú.

Sorveteria do Coreto – Desde 1952 oferecem picolés de frutas R$2 ou sorvetes de massa R$2 a bola. Com sabores diferentes e típicos do cerrado, é impossível passar por lá só uma vez. Destaque para o picolé de cajá que acompanha um sache de sal fino.

ab

EVENTOS:
Carnaval de Rua da Cidade de Goiás - Com marchinhas, blocos de rua e desfile das Escolas de Samba da cidade, a Cidade de Goiás ainda ganha um palco, para a apresentação de diversos shows, na Praça de Eventos.

Procissão do Fogaréu -Uma tradição secular e única no mundo, a procissão encena a prisão de Jesus Cristo. Na quarta-feira santa, as luzes da cidade se apagam, e os farricocos (eles representam os guardas de Pôncio Pilatos) aparecem com tochas.

FICA – Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental - Realizado anualmente no mês de junho, o festival reúne os melhores longa-metragem e curta-metragem com o tema de preservação ambiental e incentivo ao cinema brasileiro.

Festival de Artes da Cidade de Goiás - Realizado anualmente, em outubro.

14

Deixe seu comentário!